sexta-feira, 18 de março de 2011

Projecto Columbina 2011

Foto: Planeta Tangerina
A primavera vai chegando, as andorinhas já o tinham confirmado e com elas, o tempo da poesia concordando com o rebentar dos bolbos em florações insuspeitas. De novo a poesia ganhas asas com o projecto "Columbina". As palavras irão cruzar os céus presas às patas dos pombos em pequenos papeis rabiscados com poemas. E começa já esta azáfama da escrita com a "máquina da poesia", dia 21 de Março na Biblioteca Municipal de Castro Verde. Os meninos e meninas vão reunir-se em torno das mensagens poéticas ao longo da manhã. Mas não são só os pombos de Castro Verde a voar: No final da semana, Tavira juntou-se ao voo das palavras com os columbófilos locais e uma boa mão cheia de professores e meninos soltarão as aves de Cabanas para Tavira, os outros da sede de concelho libertarão ao mesmo tempo columbinas para a aldeia piscatória. Assim vai ser durante a "Maré de Contos" que juntará a narração oral à intervenção poética. No dia 1 de Abril, juro que não é mentira, vamos trabalhar com as crianças de Beja a essência da poesia usando a minha bela máquina de gerar poesia posta a funcionar pela Biblioteca Municipal. No Dia Mundial do livro Infantil, quer dizer, no dia seguinte terá lugar a grande solta de pombos entre Beja e Castro Verde. Já são três cidades! Nada disto seria possível sem a dedicação dos columbófilos locais e de todas as formiguinhas que nas bibliotecas públicas e escolares trabalham na promoção do livro e da leitura.

Sem comentários:

Enviar um comentário