Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Apresentados

Última tempestade no Museu

9 de Maio 2022 Foi a última sessão (este ano letivo) de “ A tempestade ”, visita/oficina de desenho dedicada a públicos com diversidades funcionais, no Museu Gulbenkian. Um mergulho na obra de Turner , em que o desenho é o meio de expressão eleito para interiorização do apreendido. Compareceu um grupo da AIPNE muito plural, às vezes ancorado em mundos distantes, o que me obrigou a ser bastante dinâmico e expressivo na comunicação. Quando nos sentámos no chão para desenhar, todos tinham aderido à proposta; de repente, só se escutou o barulho da grafite riscando rapidamente o papel (a ventania) e por vezes, leves pancadinhas no momento em que representámos a chuva. Depois vieram aquelas grandes vagas que empurraram o barco contra os rochedos e o grafite falou depressa e onduladamente.  Como despedida, pegámos nas cartolina abanando-as com força e simulámos, em conjunto, o rugir dos trovões na galeria de exposição. Gostei. Até para o ano. Um desenho captou a minha atenção. Numa folha d

Mensagens mais recentes

Tronco (desenho)

Construindo Cidades

Dia Mundial da Língua Portuguesa - Francisco Sarronca

Autismo: Desculpem lá o desabafo...

Leituras à solta

Outra tempestade no Museu

Pegar pela palavra

Avis: Reler verbos e adjetivos

Possíveis abordagens da obra "Rimas Salgadas"

Levar à poesia em Mora