domingo, 5 de junho de 2016

O corpo refletido

Em frente ao espelho, registando o corpo numa película transparente mas não incolor.
O facto do acetato ser colorido faz com que o material seja percepcionado pela criança
 retirando qualquer receio sobre aquela matéria que lhe cobre o corpo
 - afinal consegue ver através dela, tendo controlo sobre a situação. 
 Quase a terminar o nosso ciclo de oficinas (deste ano lectivo) do Centro de Arte Moderna (FCG/Descobrir) dedicadas ás necessidades educativas especiais, tempo ainda, para vos falar da última oficina “Espelho meu” orientada por mim, pela Margarida Vieira e Margarida Rodrigues. Como o nome indica, trabalhámos o reconhecimento corporal, propondo atividades que contribuem para essa consciencialização do corpo, através da dança, psicomotricidade e registo gráfico em frente ao espelho. Os nossos pontos de partida na coleção do CAM foram “Espelho C” de Waltercio Caldas (uma escultura de tubulação em aço mas sem espelhos) e “sem título” de José Pedro Croft (uma escultura, estrutura, com espelhos). Sabemos que é exigente esta escolha pois obriga os visitantes a um profundo mergulho nas suas perceções seguido de uma explicação oral do apreendido (como é sabido, eu afirmo sempre que não entendo nada de arte contemporânea e preciso muito da opinião dos participantes...). No plano do autismo não é de se esperar grande comunicação face às peças apresentadas (de vez em quando temos grandes surpresas… nunca se desvalorize o que estas pequenas pessoas apreendem do desafio que lhes é lançado...), mas as esculturas expostas servem de mote para o trabalho corporal desenvolvido em ateliê. Ficam de tal forma envolvidas nas estratégias lúdicas que propomos que chegam a "aguentar" mais de uma hora em atividade oficinal. Aqui vos deixo algumas imagens com um agradecimento especial à Professora Alexandra Gonçalves que nos tem ensinado a trabalhar com meninos e meninas do espectro autista.
No chão, trabalhando com a criança:
motivando, relembrando os objetivos e exercitando o percepcionado.
No final, olhando o resultado ao espelho. através da película amarela.

Sem comentários:

Enviar um comentário