terça-feira, 9 de setembro de 2014

A cor das histórias - 2014

“A cor das histórias” é um projeto de mediação leitora em contexto prisional inscrito no programa “Leitura sem fronteiras” promovido pela Direção Geral do Livro dos Arquivos e das Bibliotecas e pela Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais.
Participam neste programa mais três mediadoras do livro e da leitura: Sara Monteiro que irá trabalhar no Estabelecimento Prisional de Silves, Sandra Barbosa no EP Leiria (jovens) e Fernanda Pinto, a mais experiente do nosso grupo, no EP Alcoentre. O programa conta ainda com a presença dos meus amigos da Andante que levarão o espetáculo “Adversos” a 5 estabelecimentos prisionais.
Foi a Maria Cabral que me meteu nesta aventura que abracei sem hesitar e que provocou grandes mudanças interiores no modo como vejo a leitura e a sociedade. Sobretudo apurou o meu olhar na direção do Outro.
Este ano estarei a trabalhar no EP Linhó, usando a minha metodologia habitual: seduzir para a leitura em coletivo (de volta de uma grande mesa), recorrendo primeiro à narração oral depois a poesia e textos escolhidos presentes no acervo da biblioteca prisional, sempre promovendo o debate sobre o lido e o escutado. Juntarei o recurso da ilustração e a banda desenhada promovendo o empréstimo “domiciliário” (neste caso a cela). Por fim lançarei mão de alguns exercícios de escrita criativa onde a poesia será a rainha. Mas tudo dependerá da composição humana desta pequena comunidade de leitores.

Não deixarei de dar notícia, aqui no LAREDO, deste trabalho que se desenvolve nos estabelecimentos prisionais; em breve com a notícia de um outro projeto.

Sem comentários:

Enviar um comentário