quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Como se sentem aqui e agora?


Debate… Muita troca de ideias entre profissionais maduros, é assim que recordo os participantes do nosso curso “mediar públicos com necessidades educativas especiais” promovido pelo Centro Cultural Vila Flor (Guimarães) em colaboração com o Programa Descobrir/Gulbenkian (4 a 6 de outubro). Três dias intensos na Plataforma das Artes e Criatividade, instalada no antigo mercado, mesmo no coração jovem da cidade. Partilhámos a nossa experiência e as soluções que temos vindo a encontrar para tornar acessíveis os conteúdos artísticos dos diferentes espaços que compõem a Fundação Calouste Gulbenkian. Talvez a problemática mais discutida tenha sido o autismo, por ser um campo de pesquisa permanente por todos aqueles que se dedicam à educação especial. E aqui, a educação artística poderá fazer a diferença ao abrir outros territórios de comunicação só possíveis em educação informal, tendo como pano de fundo para esse diálogo a produção artística e o acervo variado que nos define. A Plataforma alberga o Centro Internacional das Artes José de Guimarães onde pontua a obra deste artista contemporâneo a par de uma magnífica coleção de arte africana, ponto de partida para o nosso módulo sobre o corpo. “Como se sentem aqui e agora?” – Pergunta Margarida Vieira aos formandos chamando atenção para o corpo que habitamos em permanente diálogo com as nossas ideias e vivências… Assim começou o módulo prático em torno da expressão corporal em relação com a coleção exposta. Escolhemos um conjunto de máscaras africanas que sugeriam diferentes poderes, expressões e movimentos. Juntámos isto tudo num exercício de grafismo sobre uma grande folha de papel de cenário, onde o corpo de cada participante surgiu encimado pela máscara escolhida. Mas este é apenas um exemplo simples no meio de tantas outras propostas de trabalho abordadas ao longo de 15 horas de formação. Fica aqui um obrigado à equipa do Centro Cultural Vila Flor pelo carinho e profissionalismo que expressaram ao longo dos dias do curso. 

Mais fotos em: http://descobrirblog.gulbenkian.pt/blog/2013/10/14/como-se-sentem-aqui-e-agora-por-miguel-horta/

Sem comentários:

Enviar um comentário