sábado, 4 de setembro de 2010

O tempo das palavras

Uma oficina onde se promove a escrita imaginativa através de recursos pouco frequentes e descontraídos.


É composta por diferentes momentos de escrita imaginativa na sequencia de outros tantos desafios:
Posso começar por apostar com os jovens que os vou transformar em poetas em 20 minutos! Claro que eles não acreditam…então aparece em cena a minha “máquina da poesia”. Posso trazer uma série de objectos intrigantes e pedir que escrevam a história que eles encerram (“o museu das palavras”). Também posso pedir que me façam um poema nos respectivos telemóveis e que me enviem uma mensagem nos próximos 15 minutos… Ou, pegar nos Emoticons da internet e propor a escrita teatral. Propor uma carta a uma personagem fantástica ou impossível (Epistolar) ou a elaboração de um jogo de cartas para a escrita (jogo das palavras). Posso terminar com um trecho sonoro um pouco abstracto e propor a escrita da história contada no CD (“o som das histórias”). Um conjunto de exercícios (ferramentas) escolhidos de acordo com as características da turma (grupo) com que se vai trabalhar cujo local ideal para a realização será a Biblioteca Escolar ou sala infanto-juvenil da Biblioteca Municipal. O grupo não deverá exceder 25 participantes dos 9 aos 13 anos (nível etário ideal). Recomenda-se que a mesma turma passe por duas sessões desta oficina, solidificando aquisições. Os materiais do ateliê dependem dos exercícios escolhidos. Cada sessão tem a duração de 90 minutos. Os jovens reagem muito bem à publicação no Blog da Biblioteca os textos produzidos; um bom pretexto para se utilizar este tipo de suporte.


Esta actividade nasceu em Montemor-o-Novo na sequência do “programa escolar” de “O espaço do tempo” junto das Bibliotecas Escolares do concelho. É uma das actividades centrais do projecto “Tásse a ler” sob o nome de “Escrita mal comportada”. Está integrada na carteira de itinerâncias da DGLB.
Direitos reservados SPA 17777

Sem comentários:

Enviar um comentário