quarta-feira, 18 de abril de 2012

“Mediar públicos com necessidades educativas especiais”


Muito para além das acessibilidades físicas, o acesso aos conteúdos educativos dos Museus. Que público estranho é este, que me é tão familiar? Como tornar realidade um conceito de cidadania cultural? Como estruturar atividades? Qual o perfil ideal para o mediador de públicos com necessidades educativas especiais? Ao longo de dois dias, procuraremos responder a estas e outras perguntas, ao mesmo tempo que partilharemos a experiência de 6 anos das “Oficinas Museu Aberto” do Centro de Arte Moderna (Fundação Calouste Gulbenkian)

Sem comentários:

Enviar um comentário