quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

O Pato e o Samba da Matrafona


Trabalhando o livro "Under the Ocean" sob o olhar divertido e atento das professoras de ensino especial
As oficinas improváveis continuam pelas bibliotecas do Concelho de Torres Vedras. Ontem, eu e a Vera Fortunato estivemos na Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas Madeira Torres com uma mão cheia de alunos especiais acompanhados pelos docentes de ensino especial, a professora bibliotecária e uma auxiliar de educação. Formámos um círculo e, ao ritmo do Carnaval de Torres, começámos a partilhar livros e músicas. Não, não foi o Samba da Matrafona, foi “O pato” de João Gilberto. Mergulhámos no Oceano, que é o tema do carnaval deste ano e li "O Samba do peixe-aranha". Lemos ao ritmo do samba: António Torrado, Vergílio Alberto Vieira e o meu “Rimas salgadas”. Fomos à praia com Suzy Lee (“a Onda”) e o livro Pop-up “Under the Ocean” (Anouck Boisrobert e Louis Rigaud - Tate/Londres). No final, lemos a par o poema “Devagar e depressa” de António Torrado (“À esquina da rima, buzina”) e fechei a sessão cantando “A vida do marinheiro”, já que alguns alunos se vão mascarar de marítimos…
Cá em casa, é o que estamos a escutar por estes dias...

Sem comentários:

Enviar um comentário