domingo, 30 de outubro de 2016

O musseque da cor

Fotografia - Fundação Calouste Gulbenkian
Meus amigos, vou orientar duas visitas para desenhar no Museu Gulbenkian/Coleção Moderna (Centro de Arte Moderna) nos dias 20 de novembro e 11 de dezembro às 11h, tendo como tema, pretexto e motivação a bela exposição de António Ole que ali está patente. Chamei a esta “visita para desenhar” o “Musseque da cor”, realçando os registos sempre texturados e coloridos da arquitetura popular e arte dos “kimbus”, visível a quem passa pelos bairros de Luanda. Durante a visita lerei alguns trechos do livro “Quem me dera ser onda” do escritor Angolano Manuel Rui, para acompanhar o riscar dos papéis. Não se esqueçam de marcar lugar antecipadamente. Nós levamos os lápis e os papéis. Inscrições e informações aqui.

2 comentários:

  1. O título é bem sugestivo! O livro de Manuel Rui, uma delícia. Fica, no mínimo, o desejo de espreitar a exposição de António Ole. Bom trabalho, Miguel Horta!

    ResponderEliminar
  2. Vai ser uma atividade simples e tranquila dentro do museu. Beijos. Miguel

    ResponderEliminar