domingo, 1 de maio de 2016

Formação: mediação leitora em bibliotecas e doença mental


Objetivos
  • Sensibilizar os técnicos das ONG para a importância e o papel das bibliotecas como veículos de educação não formal, potenciadores de inclusão social;
  • Sensibilizar para a importância do livro e da escrita como formas da valorização do individuo e para a criação de novas autonomias;
  • Sensibilizar os formandos para a importância, na doença mental, da promoção da autonomia em todos os espaços e contextos.
  • Identificar os conceitos de mediação leitora e  escrita imaginativa  como instrumentos de qualidade na promoção do acesso ao conhecimento;
  • Identificar metodologias de aplicação da mediação leitora adequadas aos públicos visados;
  • Identificar instrumentos para aplicação da mediação leitora;
  • Analisar instrumentos criados com vista à sua melhoria e adequação aos públicos e e contextos;
  • Promover a acessibilidade à informação e ao conhecimento a todas as pessoas com vista à sua participação e ao seu desenvolvimento. 
Conteúdos programáticos
  • A Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência – art.º 3º e 4º
  • Conceito de mediação leitora
  • O papel das bibliotecas na deficiência mental e reabilitação
  • Diferentes metodologias de aplicação da mediação leitora
  • Doença mental - promoção da autonomia e respeito pela individualidade
  • Conceito e papel da escrita imaginativa
  • Metodologia de aplicação: exercícios práticos
  • Apresentação de atividades práticas: poesias, livros e livros de imagens
    • Leitura e apresentação
    • Formas de manipulação de livros
    • Fatores de seleção de livros
    • Objetivos na seleção de livros
    • Realização de ficha de trabalho para exploração de livro
  • Apresentação de curtas-metragens
  • Sessão prática de seleção de livros e preparação das metodologias mais adequadas para a sua comunicação aos públicos visados
  • Análise das propostas e fichas de trabalho elaboradas
  • Sessão de apresentação de livros e debate sobre os resultados 
Destinatários
.    Técnicos envolvidos em atividades de bibliotecas e de serviços/centros de documentação de ONG da deficiência;
.  Técnicos de bibliotecas dos serviços da Administração Pública Central, Regional e Local;

Nº máximo de formandos – 18
Nº de horas/ação: 12h
Formador/ação: Miguel Horta
Local de formação: Lisboa
Instituto Nacional para a Reabilitação . Mais informação


Sem comentários:

Enviar um comentário