segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

"A electricidade na ponta dos dedos"

Foto Hugo Carriço/EDP

O ano de 2016 abriu com um novo desafio que abracei com força: trabalhar em conjunto com a equipa educativa (e curadoria) do Museu da Eletricidade para o tornar mais acessível, valorizando as características únicas dos seus conteúdos. Podemos chamar a estas sessões como uma formação a pares, essencialmente horizontal na comunicação, dando continuidade a um trabalho que já existia, ao qual acrescentei a minha reflexão. É fascinante esta máquina/museu, cujas entranhas podemos visitar. Em breve Lisboa terá mais um espaço conscientemente amigo das necessidades educativas especiais. Entretanto não se esqueçam de visitar a Ilustrarte, antes que ela vá embora…

Sem comentários:

Enviar um comentário