domingo, 11 de outubro de 2015

António Cruz - O pintor e a cidade

António Cruz - aguarela 
(Por cortesia da Fundação Calouste Gulbenkian)
Depois do grande dia D, onde o programa Descobrir (Fundação Calouste Gulbenkian) dá uma ideia da grande variedade da sua oferta educativa, hoje foi dia de aguarelar na exposição de António Cruz. Com o título de "Cadernos de água e cor", esta “visita desenhada” reuniu um pequeno grupo de interessados (poucos, mas bons) que fez do chão da galeria de exposições temporárias o seu ateliê de aguarela. Aqui fica o link para a melhor visita guiada que se poderia ter à obra deste artista: o filme “O Pintor e a cidade” de Manoel de Oliveira – Dois olhares sobre a cidade do Porto reunidos num só filme. Gosto bastante deste formato de visitas em que podemos experimentar técnicas de expressão e recolher informação sobre a obra dos artistas. Estejam atentos às próximas visitas desenhadas do Descobrir!

Sem comentários:

Enviar um comentário