quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Na rota do cachalote branco

Onde está o pintor? Uma bela foto de Gonçalo Barriga (F. C. Gulbenkian)
Como passar o gosto pelo Mar, uma consciência oceânica, aos mais novos sem que seja enfadonha e escolarizada? Essa tem sido a nossa reflexão e a nossa prática no Programa Descobrir/Gulbenkian através das oficinas que juntam biólogos a artistas num resultado que se pode confirmar em “Em busca do peixe perdido”, “A grande invasão” e, mais recentemente com a oficina “Moby Dick” (em colaboração com a Escola de Mar). Mas estas abordagens mediadas (educação não formal) têm acontecido com regularidade ao longo do meu trabalho em museus e bibliotecas; como exemplo disto, a colaboração com o Museu Marítimo de Ílhavo ou, com Vera Alvelos, no CCI. A oficina Moby Dick vai repetir-se para a semana, num ritmo marcado pela sucessão de acontecimentos narrados na obra de Herman Melville. Uma boa oportunidade para as crianças que estão de férias aqui na capital. A bióloga/artista de serviço será a Ana Pêgo. Promete.
Inspirados pelo trabalho dos scrimshaw,
 os nossos pequenos artistas fizeram a sua versão dos dentes de cachalotes gravados
foto de Gonçalo Barriga (F C Gulbenkian)
Ana Pêgo. Foto Gonçalo Barriga (F C Gulbenkian)


Sem comentários:

Enviar um comentário