sexta-feira, 24 de abril de 2015

Estrada fora, na carrinha dos Cabeçudos...

Pois ontem foi o Dia Mundial do livro e lá andei pelas estradas da região saloia na carrinha da Livraria Cabeçudos. Tudo bem…Rui, o meu condutor/livreiro, é atento à estrada e à conversa…por sinal de grande qualidade. Lá estivemos com as crianças da Carvoeira e da Silveira em animadas sessões, algumas bastante filosóficas. Gostei sobretudo da conversa sobre o amor que surgiu na escola básica da Carvoeira. A certa altura o tema passou a ser “o que devem os autores escrever para as crianças?”. As opiniões dividiram-se, autónomas, num conhecimento expresso que Agostinho da Silva entenderia bem ao deparar-se com estas meninas e meninos sábios… E quem seria capaz de imaginar 100 crianças muito atentas e bem comportadas escutando um escritor/ilustrador sentadas no chão do Centro Paroquial da Silveira? Assim se reconhece, nas duas escolas, a qualidade do trabalho desenvolvido pelos docentes. Este périplo por terras de Torres Vedras teve como tema o meu livro “Dacoli e Dacolá”. Como sempre, fiz o meu acordo: Vocês perguntam e eu também vos ponho questões. Afinal os escritores também servem para fazer pensar… 
Cada grupo desenho a personagem "Mariazinha" à sua maneira...
Lindos estes desenhos a partir do conto "A menina que escutava as pedras"
Fazendo uma ilustração ao vivo...

1 comentário: