segunda-feira, 20 de abril de 2015

100 anos sobre o genocídio do povo Arménio

Autorretrato com a mãe - Arshile Gorky
Como o tempo passa depressa… Há dois anos atrás, lembro-me de ter tirado uma fotografia com a minha mãe para enviar ao meu pai que estava na América, aqui mesmo, junto ao mercado de Van. Nunca tinha visto um fotógrafo... uma máquina de fole, cenários pintados. Eu, com o melhor fato que tinha, flor branca na mão, apanhada nos campos que encimam a cidade. Ela trouxe as suas vestes antigas - da tua avó! – explicou-me enquanto ajeitava o meu casaco para a pose. Um clarão e ... já está! E carta lá seguiu pelo correio... Hoje, as ruas estão apinhadas e alguns homens discursam inflamadamente no mercado; os seus olhos estão pintados com o medo. Os soldados russos espreitam nervosos: Van terá de ser evacuada e Yerevan fica tão longe…9 dias de marcha.

Sem comentários:

Enviar um comentário