domingo, 12 de outubro de 2014

Por aqui e por ali...

Um acrílico sobre tela de Carlos Graça,
patente na exposição Integrate - Tomar
Para além do trabalho no terreno que venho desenvolvendo na área das necessidades educativas especiais, guardo sempre uns pedacinhos para dar apoio a projetos emergentes e realizar pequenas intervenções formativas, como foi o caso da minha ida à ESE de Santarém (4/10) para uma aula na pós-graduação em intervenção precoce onde passei em revista diferentes problemáticas deste campo específico de trabalho. Um diálogo interessante e vivo que contou com diversas intervenções de docentes já com experiência no trabalho educativo com necessidades educativas especiais. Respondi assim a um desejo, já antigo da minha amiga Teresa Sá - espero que tenha sido positivo este contacto com uma narrativa nascida na prática.

Ontem, em Tomar, na galeria do IPT, foi tempo de participar na inauguração da exposição de trabalhos artísticos produzido por pessoas com doença mental. Uma forma de dar força ao trabalho desenvolvido pela Paula Carvalho e por uma mão cheia de outros enfermeiros do CHMN, serviço de psiquiatria. Uma iniciativa em torno do estigma criado pela doença e processos de reintegração, comemorando o Dia Mundial da Saúde Mental. Na ocasião, li o meu texto “Quando as mãos fazem, a cabeça ri…”, numa homenagem ao papel dos enfermeiros junto destas pessoas e suas famílias. Espero ver este grupo de amigos, de novo, nas oficinas do programa Descobrir/Gulbenkian.
foto de Maria Henriqueta

Sem comentários:

Enviar um comentário