domingo, 23 de março de 2014

21 de Março - Projecto Columbina


Beringel
21 de Março – Dia mundial da poesia
Receção calorosa na escola de Beringel (Beja): refeitório cheio de meninos e meninas de todas as idades numa agitação alegre. Houve tempo para dizer uns disparates poéticos e responder às perguntas dos leitores. Claro que não perdi a oportunidade de os fazer pensar, estabelecendo um acordo: Vocês fazem perguntas e eu também tenho o direito de perguntar… Ora então cá vão algumas perguntas. “Qual a diferença entre olhar e ver?”, “Qual a diferença entre mentira e fantasia”.
As crianças de Beringel prepararam-me uma surpresa: como resposta ao meu livro “Rimas salgadas” fizeram um conjunto de poemas sobre criaturas dos rios e barragens a que chamaram “Rimas doces”., onde não faltou o cágado Ventura que tem uma carapaça dura e uma menina achigã que nada na barragem de Beringel. Também aqui colecionámos um belo conjunto de poemas que colocaremos nas patas dos pombos que voarão até Castro Verde.
Ao final do dia teve lugar um encontro bem concorrido com o grupo de famílias leitoras, “os papa livros” na Biblioteca Municipal de Beja. Foi bem engraçado ver aqueles 34 participantes (grandes e pequenos) de volta da “Máquina da Poesia”.
Acho que amanhã vamos ter uma boa participação na solta dos pombos
 Com os "Papa livros"
 Cristina Taquelim aproveita para colocar uma palavrinha na "Máquina da poesia"
Bom ambiente: pais e filhos escrevendo pequenos poemas

Sem comentários:

Enviar um comentário