domingo, 19 de janeiro de 2014

No próximo fim de semana, multiplico-me por 10...


 Uma pegada que queremos deixar na escola
 Elisa Moreira num momento de concentração na residência do projecto
As melhoras, Waldirson!
A uma semana da apresentação da aula pública do Projecto10x10, as emoções estão rubro: os jovens ensaiam à sua maneira as poesias escolhidas por eles. E nós, um pouco nervosos, a assistir a todo este movimento. Há, no entanto, algumas baixas: um aluno músico ficou doente, daí que a sua participação vai ser filmada a partir de casa…vicissitudes. No final, se ninguém se atrapalhar no auditório da fundação Gulbenkian, daremos uma ideia bem completa do que temos andado a fazer na sala de aula. Tem sido um longo caminho desde a nossa residência no verão, em que conhecemos os nossos companheiros de projeto. Amadurecemos, aferimos a prática, mas a realidade espontânea dos alunos ditaram o rumo do nosso trabalho. A maior preocupação foi com o respeito pela identidade dos jovens participantes – queríamos que se sentissem autores das suas descobertas, das suas aprendizagens. Esta relação com a poesia em sala de aula pode ser determinante na sua relação com a escola e com o futuro. Os jovens que veremos no palco da Fundação não serão atores ou performers, eles serão apenas alunos. Estão todos convidados: 25 e 26 de Janeiro na Fundação Calouste Gulbenkian – Apresentação das diferentes aulas públicas e debate de ideias com quem estiver a assistir.

Sem comentários:

Enviar um comentário