terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Sussurrando em Rio de Mouro

Fotografia de Sofia Maul
Como bem sabem todos aqueles que trabalham com autismo, quase todos os dias temos de inventar um recurso novo para trabalhar a comunicação e a participação destas crianças tão especiais. A par das atividades regulares próprias da sala de ensino especial é importante criar uma novidade que permita abrir novos caminhos. Na unidade da escola básica de Rio de Mouro (Sintra), onde venho trabalhando com estes meninos, começámos a usar os sussurradores para propor a comunicação da palavra, interagindo primeiro com o técnico e depois com os outros colegas. Uma ferramenta simples que já usava com adultos para dizer poemas e contar pequenas histórias. Afinal, apenas um tubinho de cartão (neste caso tem de ser pequeno para não intimidar) decorado pelas crianças. Parece que está a funcionar este nosso objeto de comunicação…

Sem comentários:

Enviar um comentário