quinta-feira, 15 de novembro de 2012

10X10: A máquina da poesia

 A "Onda"
 Até de olhos fechados se escreve um verso
 Todos de roda da "Máquina da poesia"
 É assim tão difícil desenhar uma mulher?
 O regresso de "super homem" vindo diretamente de Belo Horizonte (Minas Gerais)
Boa onda!
Mais dois dias (“10x10”/Descobrir) passaram na Abrigada, junto dos alunos Pief que vamos aprendendo a conhecer. Em plenário, sempre no início da aula, todos gerimos as tarefas e resolvemos pequenos conflitos. Os jovens parecem apreciar este momento, agora mais calmo, de reflexão. Introduzimos a apresentação de um livro de imagens a cada início dos trabalhos; hoje foi o “Espelho” de Suzy Lee e ontem foi a ”A Onda” da mesma autora. É preciso saber ler as imagens…
A proposta de ontem foi “a máquina da poesia”, introduzindo elementos naturais, cenários, animais, plantas; um desafio de escrita. Aqueles que achavam que não iriam conseguir fazer nada, enganaram-se: até de olhos fechados se escreve um verso. Em breve publicarei por aqui o resultado da “máquina”. Ontem a sessão terminou com um pouco de “Rap”, partindo de autores Portugueses.
Hoje o ambiente foi muito descontraído, dedicado às “cartografias pessoais” (em papel de cenário) e aproveitámos também para ilustrar os poemas escritos na sessão anterior.
As fotografias falam por si…

4 comentários:

  1. Os vossos meninos são parecidos com os meus...por vezes acham que não são capazes de fazer. Muitos já desistiram deles próprios...mas existe dentro de nós algo que diz que serão capazes de o fazer bem devagarinho...continuem a caminhada com pinceladas de palavras :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois eu sei Dora...Por vezes passamos por momentos difíceis e ficamos zangados...mas depois seguimos em frente.

      Eliminar
    2. Miguel e Ana são estes alunos que mais precisam de nós e embora os progressos sejam quase invisíveis...para este tipo de alunos é muito. Tenha a certeza que vocês os vão marcar para sempre :). É preciso acreditar!

      Eliminar